terça-feira, 21 de março de 2017

TOPTULHO MUSICAL # 117!



Como anunciei, esse TopTulho demoraria, excepcionalmente! Tive concurso domingo e ontem foi meu aniversário (obrigado, aliás, pelo carinho dos que se lembraram de mim). Logo, a edição 117 só vai ao ar hoje!

O TopTulho é a parada da resistência, ou seja, busca músicas de MPB num mundo tão coisificado pelo sertanejo universitário e funk. Quando acha, dispomos para vocês as principais novidades. 

Essa semana não tivemos nenhuma estreia, mas temos a excepcional Elza Soares chegando com louvor na primeira posição com o clipe dilacerante de "A Mulher Do Fim Do Mundo", desbancando Ana Vilela. Falaremos da Elza logo depois de vocês verem como ficou a parada essa semana:

TOPTULHO MUSICAL EDIÇÃO # 117 - 21/03/17

1) ELZA SOARES - A Mulher Do Fim Do Mundo (+1) (4 Semanas)        
2) ANA VILELA - Trem Bala (-1) (11 Semanas)
3) ANAVITÓRIA & TIAGO IORC - Trevo (+2) (6 Semanas)  
4) MOSKA - Impaciente Demais (-1) (10 Semanas)  
5) ANITTA & MALUMA - Sim Ou Não (-1) (7 Semanas) 
6) ZECA PAGODINHO - Toda Hora (+1) (8 Semanas)  
7) TOM ZÉ - Homologô (A Marcha Dos Blocos) (+2) (5 Semanas)   
8) LUCIANA MELLO - Joia Rara (=) (10 Semanas)  
9) SIMONE SABACK & CÁSSIA ELLER - Mãos Atadas (-3) (12 Semanas)  
10) CLARICE FALCÃO - Eu Escolhi Você (=) (11 Semanas)  
11) FREJAT - Vambora (=) (7 Semanas)       
12) CIDADE NEGRA - Batendo Na Sua Porta (=) (8 Semanas)
13) DIOGO NOGUEIRA - Pé Na Areia (+1) (6 Semanas)  
14) PROJOTA - Oh Meu Deus! (+6) (2 Semanas)
15) FERNANDA ABREU - Deliciosamente (=) (3 Semanas)
16) MART'NÁLIA - Eu Te Quero Agora (=) (6 Semanas) 
17) MOSKA - Mulher (+1) (2 Semanas)
18) SILVA - Ainda Lembro (-5) (11 Semanas)
19) CELSO FONSECA - Verão No Rio (=) (2 Semanas)
20) MAHMUNDI - Meu Amor (-3) (11 Semanas)

*Não saiu nenhuma música nessa edição

Tudo o que se propuser a falar da Elza será chover no molhado. Os prêmios que seu último projeto, "A Mulher Do Fim Do Mundo" adquiriu falam por si só. O jornalista musical Mauro Ferreira fez uma compilação de tudo o que ela alcançou como reconhecimento de seu ótimo trabalho, a saber:

"O projeto já foi agraciado nacionalmente com os prêmios de "Melhor Show Nacional", pelos jornais Folha de São Paulo e Estado de São Paulo, de "Melhor Álbum", pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) e de "Melhor Álbum de 2015" e "Melhor Música de 2015" ("Maria da Vila Matilde") pela revista Rolling Stone Brasil, de "Melhor Álbum na categoria Pop/Rock/Reggae/Hip Hop/Funk" na 27° edição do Prêmio da Música Brasileira, na qual Elza também foi indicada a "Melhor Cantora" e a "Melhor Música" com "Mulher do Fim do Mundo", e levou o troféu "Canção do Ano", do Prêmio Multishow 2016, com ("Maria da Vila Matilde").

Na imprensa internacional o álbum faturou prêmios como "The Guardian 5/5 estrelas", "Songlines 5/5 estrelas" e "Financial Times 4/5 estrelas". Para coroar o resultado, a artista ganhou também o Grammy Latino 2016 como "Melhor Álbum de Música Popular".

'A Mulher do Fim do Mundo' foi citado como "um dos 10 melhores discos do ano" pelo The New York Times."

Além do talento musical, destaco ainda o posicionamento político lúcido e enfático da artista, lhe credenciando mais visibilidade ainda. Uma cantora simplesmente PERFEITA!

Fiquemos agora com esse clipe cinematográfico, que traduz todo sentimento contido na (dura) letra!



A MULHER DO FIM DO MUNDO
Romulo Fróes/Alice Coutinho
Elza Soares

Meu choro não é nada além de carnaval
É lágrima de samba na ponta dos pés
A multidão avança como vendaval
Me joga na avenida que não sei qualé

Pirata e super homem cantam o calor
Um peixe amarelo beija minha mão
As asas de um anjo soltas pelo chão
Na chuva de confetes deixo a minha dor

Na avenida, deixei lá
A pele preta e a minha voz
Na avenida, deixei lá
A minha fala, minha opinião

A minha casa, minha solidão
Joguei do alto do terceiro andar
Quebrei a cara e me livrei do resto dessa vida
Na avenida, dura até o fim

Mulher do fim do mundo
Eu sou e vou até o fim cantar

Meu choro não é nada além de carnaval
É lágrima de samba na ponta dos pés
A multidão avança como vendaval
Me joga na avenida que não sei qualé

Pirata e super homem cantam o calor
Um peixe amarelo beija minha mão
As asas de um anjo soltas pelo chão
Na chuva de confetes deixo a minha dor

Na avenida, deixei lá
A pele preta e a minha voz
Na avenida, deixei lá
A minha fala, minha opinião

A minha casa, minha solidão
Joguei do alto do terceiro andar
Quebrei a cara e me livrei do resto dessa vida
Na avenida, dura até o fim

Mulher do fim do mundo
Eu sou, eu vou até o fim cantar
Mulher do fim do mundo
Eu sou, eu vou até o fim cantar, cantar

Eu quero cantar até o fim
Me deixem cantar até o fim
Até o fim, eu vou cantar
Eu vou cantar até o fim

Eu sou mulher do fim do mundo
Eu vou, eu vou, eu vou cantar
Me deixem cantar até o fim

La la la laia la la laia
La la la laia la la laia

Até o fim eu vou cantar, eu quero cantar
Eu quero é cantar, eu vou cantar até o fim, la la la lara la lara laia
Eu vou cantar, eu vou cantar
Me deixem cantar até o fim

Me deixem cantar até o fim
Me deixem cantar
Me deixem cantar até o fim

video


Para complementar essa edição esquerdista do TopTulho (só com os lindos e lúcidos), temos Tom Zé, que não aguentou ficar parado diante de tantas atrocidades políticas e se valeu de seu talento nato para fazer críticas contundentes e inteligentes. 

Primeiro, lançou uma música nas plataformas virtuais chamada "Queremos As Delações", que teve a ver com a morte do ministro Teori Zavascki, e o luto ensaiado do então presidente Michel Temer. Em seguida, foi a vez de "Homologô (A Marcha Dos Blocos), que tem letra festiva pontuando uma crítica pesada à Operação Lava Jato. 

Músicos inteligentes que usam as composições para fazer críticas sérias e genuínas = precisamos! Vamos agora como "Homologô", que está em sétimo lugar aqui conosco e passamos a conferir agora!


HOMOLOGÔ (A MARCHA DOS BLOCOS)
Tom Zé e Daniel Maia

Homologou, logô,
Homologô
Mas querem transformar a Lava-Jato em Lava-Rato
Homologou, logo,
Homologô,
E o país nesse teatro pisa num rabo-de-gato
É de se ver,
Bota a mão daqui, bota a mão dali,
Pobre nação!
Não dá pra crer
Bota a mão daqui, bota a mão dali,
Quanto ladrão!
Essa turma só
Só se botar
No xilindró. Óóóóóóh...



TH - Elza e Tom Zé são exemplos do que não me deixa desistir da MPB!

* INFELIZMENTE, NÃO ACHEI VÍDEO COM A MÚSICA DO TOM ZÉ. FICO DEVENDO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...