domingo, 10 de dezembro de 2017

TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÕES #154 E #155!



Gente, prest'atenção: atualmente estou trabalhando para três empresas ao mesmo tempo, e as três são do ramo do comércio, e, como sabem, Dezembro no comércio é muito pesado, por isso que não houve TopTulho na semana passada!

Hoje a edição será curtinha, só pra não "perdermos" a parada de vista. Vou colocar a parada correspondente à semana passada e a de hoje. O TopTulho Musical Do Passado só voltará em Janeiro, com os dois últimos anos da década de 30! O calendário de Dezembro vai ficar assim:

HOJE, 10/12 - Edições 154 e 155 do TopTulho!
17/12 - TOPTULHO ESPECIAL ROBERTO CARLOS!
24/12 - TOPTULHO ESPECIAL - RETROSPECTIVA 2017!

Vamos ver como teria sido a parada da semana passada:

TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO #154 - 03/12/17

1) GAL COSTA, GILBERTO GIL & NANDO REIS - Tocarte (=) (5 Semanas) 
2) FREJAT - Tudo Se Transforma (=) (8 Semanas)
3) IVETE SANGALO - Simples Assim (+1) (7 Semanas)    
4) DANIELA MERCURY - Banzeiro (+3) (4 Semanas) 
5) PRETA GIL & GAL COSTA - Vá Se Benzer (+4) (2 Semanas)
6) SILVA - Amor I Love You (=) (6 Semanas) 
7) GABRIEL PENSADOR - Tô Feliz, Matei O Presidente 2 (+4) (4 Semanas)  
8) CHICO BUARQUE & RAFAEL MIKE - As Caravanas (-3) (5 Semanas)  
9) URBANA LEGION - Mariane 2 (+1) (6 Semanas) 
10) PABLLO VITTAR & MATEUS CARRILHO - Corpo Sensual (-7) (7 Semanas)  
11) PAULO MIKLOS - Vou Te Encontrar (+6) (2 Semanas)
12) PATO FU - Severina Xique-Xique (=) (4 Semanas)
13) FERNANDA TAKAI - I Don't Want To Talk About It (ESTREIA) 
14) ZIZI POSSI - Faltavam Seus Olhos (-6) (8 Semanas)     
15) LULU SANTOS - Baila Comigo (=) (3 Semanas)
16) FILIPE CATTO - Eu Não Quero Mais (ESTREIA)
17) TIÊ - Amuleto (-3) (11 Semanas)    
18) DJAVAN - Com Mais Ninguém (ESTREIA)  
19) PATO FU - Palco (-6) (10 Semanas)
20) VANESSA DA MATA - Orgulho E Nada Mais (-4) (7 Semanas) 

Saem:

NANDO REIS - Nos Seus Olhos (10 Semanas. Maior posição: 02)         
ANELIS ASSUMPÇÃO - Receita Rápida (2 Semanas. Maior posição: 19)
TRIBALISTAS - Diáspora (9 Semanas. Maior posição: 03) 

E a parada propriamente dita de hoje é essa:

TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO # 155 - 10/12/17

1) PRETA GIL & GAL COSTA - Vá Se Benzer (+4) (3 Semanas) 
2) GAL COSTA, GILBERTO GIL & NANDO REIS - Tocarte (-1) (6 Semanas)  
3) IVETE SANGALO - Simples Assim (=) (8 Semanas)    
4) DANIELA MERCURY - Banzeiro (=) (5 Semanas) 
5) SILVA - Amor I Love You (+1) (7 Semanas)
6) GABRIEL PENSADOR - Tô Feliz, Matei O Presidente 2 (+1) (5 Semanas)  
7) FREJAT - Tudo Se Transforma (-5) (9 Semanas) 
8) URBANA LEGION - Mariane 2 (+1) (7 Semanas) 
9) PAULO MIKLOS - Vou Te Encontrar (+2) (3 Semanas)
10) CHICO BUARQUE & RAFAEL MIKE - As Caravanas (-2) (6 Semanas)   
11) DJAVAN - Com Mais Ninguém (+7) (2 Semanas)  
12) PATO FU - Severina Xique-Xique (=) (5 Semanas)
13) FERNANDA TAKAI - I Don't Want To Talk About It (=) (2 Semanas) 
14) PABLLO VITTAR & MATEUS CARRILHO - Corpo Sensual (-4) (8 Semanas)   
15) FILIPE CATTO - Eu Não Quero Mais (+1) (2 Semanas) 
16) LULU SANTOS - Baila Comigo (-1) (4 Semanas)
17) ZIZI POSSI - Faltavam Seus Olhos (-3) (9 Semanas)      
18) TRIBALISTAS - Um Só (ESTREIA)
19) TULIPA RUIZ - Game (ESTREIA)
20) RENATO RUSSO - Boomerang Blues (ESTREIA)

Saem: 

TIÊ - Amuleto (11 Semanas. Maior posição: 01) 
PATO FU - Palco (10 Semanas. Maior posição: 04)   
VANESSA DA MATA - Orgulho E Nada Mais (7 Semanas, Maior posição: 06) 

Hoje os destaques estão todos na Bahia! Tirando a Preta Gil, que é carioca (mas que tem um pai baiano famoso, como todo mundo sabe), as demais são todas baianas arretadas e maravilhosas!

Ivete Sangalo, que está grávida de gêmeos e sempre está por aqui, é a primeira "destacada", com a balada "Simples Assim", um de seus sucessos de 2017! Comecemos com ela!



SIMPLES ASSIM
Ivete Sangalo

Com você
O tempo não passa
Eu ficaria até
Você se cansar de mim
Mas mesmo assim
Faria tudo de novo
E se você quiser
Te beijaria mil vezes

Os dias vem
Eu sinto sua falta
Sei que você me quer
Tudo em você me completa
Vou te ligar
E ouvir no telefone
Você dizer pra mim
Que me queria de novo

Te amo, te amo, te amo
Te amo, te amo, eu te amo
Simples assim

Os dias vem
Eu sinto sua falta
Sei que você me quer
Tudo em você me completa
Vou te ligar
Ouvir no telefone
Você dizer pra mim
Que me queria de novo

Eu te amo
Te amo, te amo, eu te amo
Eu te amo
Te amo, te amo, eu te amo
Eu te amo
Te amo, te amo, eu te amo
Eu te amo
Te amo, te amo, eu te amo
Simples assim


Saindo do romantismo, e indo direto ao que, se aposta, será o grande hit do carnaval de 2018, chegamos à outra baiana arretada Daniela Mercury. De autoria de Dona Onete, a "cara do Pará", Banzeiro é uma música elétrica e contagiante, e ainda tem um clipe maravilhoso! Além da participação de drag queens e atores LGBTs da Cia Patifaria Baiana, o vídeo conta com uma convidada especial: Malu Verçosa, mulher da cantora, que ganha um beijo durante o clipe!


BANZEIRO
Daniela Mercury

Te mete!
Te joga!
E vem, vem, vem, vem, vem, vem, vem com a gente
Tomar banho de chuva
Tomar banho de cheiro
Depois se jogar no banzeiro

Banzeiro, banzeiro, banzeiro, banzeiro

É água de chuva
É banho de cheiro

A pororoca passou
Banzeiro deixou

Banzeirou, banzeriou, banzeriou
Lá vem o popopô
Trazendo o nosso cheiro do interior

Tem pataqueira, tem patchouli
O famoso bogarim
Baunilha cheirosa
A famosa priprioca
Banzeiro de pororoca

Banzeiro, banzeiro, banzeiro banzeiro

É água de chuva, é banho de cheiro
É água de chuva, é banho de cheiro



E, para encerrar esse trio de destaques de hoje, temos o recado de Preta Gil aos haters, a letra e o clipe de "Vá Se Benzer", com participação luxuosa de Gal Costa, lançados há exatamente um mês, e que quebrou a internet. Muitos já acham que é a música nacional do ano, e, não por acaso, chega à primeira posição aqui no TopTulho hoje! Fiquemos, então, com elas!



VÁ SE BENZER
Preta Gil e Gal Costa

Sou eu
Que fuma, que bebe, que dorme
Que fala, que grita, que morde
Que paga, que pede, que sofre

Sou eu
Que nasce devendo, que corre
Que é gueto, que é gay, que é pobre
Homem e mulher

Vá se benzer
Não banque o santo
Eu não pareço com você
Não acredito no que vejo na tv
Meu sangue é forte, de origem nobre
Negro, branco, índio eu sou

Eu, sou eu, diz ai quem é você
Sou eu, diz ai quem é você
Eu, sou, diz ai quem é você
Sou eu, diz ai quem é você

Sou eu
Que fuma, que bebe, que dorme
Que fala, que grita, que morde
Que paga, que pede, que sofre

Sou eu
Que nasce devendo, que corre
Que é gueto, que é gay, que é pobre
Homem e mulher

Vá se benzer
Não banque o santo
Eu não pareço com você
Não acredito no que vejo na tv
Meu sangue é forte, de origem nobre
Negro, branco, índio eu sou

Eu, sou eu, diz ai quem é você
Sou eu, diz ai quem é você
Eu, sou, diz ai quem é você
Sou, sou eu, diz ai quem é você



TH - Até semana que vem!

domingo, 26 de novembro de 2017

TOPTULHO MUSICAL # 153! (Especial ZÉLIA DUNCAN)



Nessa edição de aniversário de 3 anos do TopTulho, quis colocar minha cantora predileta como homenageada da vez. Mais do que merecido, não é? Zélia é demais. 

Já falei muito dela aqui no EnTHulho Musical - junto a Marina Lima, é a recordista de menções e referências. Não me importo - nunca será suficiente reverenciar ZD!

Em Novembro de 2010, ela foi artista do mês e fiz muitas matérias sobre ela - e a própria leu e me parabenizou via Twitter! Abaixo, um pouco sobre o que já foi dito sobre Zélia nessas bandas...


Aqui no EnTHulho, eu costumo falar dos artistas de maneira imparcial, fazendo leves críticas aqui, elogios um pouco mais acalorados acolá, porém nunca saí da medida exata. Estou prestes a fazê-lo, agora.
Impossível não mencionar a importância e o fascínio que essa mulher exerce em minha vida. E a postura da mesma em entrevistas, shows, camarins, twiters, e-mails respondidos, é igual: carisma, simpatia e inteligência esbanjada. Sorriso brejeiro, forte presença cênica, uma voz grave potente que se manifesta conforme manda o sentimento da canção e o principal: tem consciência da função que opera na música brasileira.
Não economizo elogios pois sei que Zélia merece muito mais do que o reconhecimento que já tem. Poucas artistas conseguem fazer álbuns tão milimetricamente trabalhados e diferentes um do outro, ou ainda escolher parcerias tão bem sintonizadas - aliás, na música brasileira, é raro quem ainda não gravou com Zélia. Ela tem esse dom de deixar o "partner" "em casa" ao seu lado, e alcança a mágica da condução equilibrada do dueto. Por isso tanta gente a aceita de pronto e chega junto :)
Ms. Duncan também ousa bastante. Às vezes, as vendagens pouco importam ante a vontade de fazer registros que tanto quer, como na fase do "Eu Me Transformo em Outras", ou ainda vai além, aventurando-se em tantos projetos paralelos como nos "Mutantes" e no disco que lançou junto a Simone. Não comentei antes mas, além de intérprete competente, é uma compositora ímpar! E foram justamente suas composições certeiras, confessionais e íntimas que pontuaram minha identificação e a falta de pudor de afirmar: minha cantora preferida de todos os tempos, tendo, cada álbum seu, uma importância espetacular em cada fase de minha vida.
Acompanho sua carreira há muuuuito tempo e ela continua com essa mania de me surpreender. Há duas semanas a vi no Som Brasil cantando junto ao Marcos Valle "Eu Preciso Aprender a Ser Só", e não contive a emoção...


Salve Zélia Duncan!

"ARTISTA DO MÊS, ZÉLIA DUNCAN", matéria de 01 de Novembro de 2010. 




Zélia Duncan e seu sorriso aberto.
Buscar os "dentes brancos do mundo" (de acordo com uma de suas músicas) é o real motivo pelo qual ela se arma de seu sorrisão pra estampar por aí.
Não existe frase mais verdadeira do que a de "sorria, que o mundo sorrirá junto a ti",
Sem dúvidas, a 'porta de entrada" do universo Zuncaniano para mim foi o sorriso de Zélia. Tão afável, acessível e convidativo!
Faz-nos pensar muito sério sobre a postura dos artistas. Não sinto, em Zélia, aquela supremacia imaginária que separa ídolo de fã. Não enxergo hierarquia de qualquer sorte. Pode ser puro papo de fã cego, como muitos podem pensar, mas lhes convido de bom grado a prestigiar um espetáculo de Ms. Duncan. Em todos os 9 shows contemplados por mim, ela transmitiu, além da aspereza e do talento musical, um nobilissimo sentimento empático e totalmente próximo de quem assiste, deixando claro que é tão importante pra quem contempla, como pra ela que está ali cantando.
Não quero que pensem que a moça não tem defeitos ou mau humor. Ou que seja perfeita - "quem se diz muito perfeito, na certa encontrou um jeito insosso de não ser carne e osso". Falo do que conheço: da parte disponibilizada a mim, um grande fã. Do que sinto nas entrevistas, nas respostas via Twitter, e-mail, camarins...honestamente, duvido que alguém represente tão bem o tempo inteiro. Longe disso...é genuíno, espontâneo, sincero, real!
Ainda assim, arrisco-me a dizer que não deve ser regra. Não esperemos que nossos ídolos sejam tão simpáticos ou passíveis de belos sorrisos all the time. Eles nem precisam - a comunicabilidade maior entre fã e ídolo deve ser mesmo mediante a obra. Zélia tem esse plus e eu agradeço todos os dias, mas sei de inúmeros outros artistas que admiro que passam longe de quaisquer outros atrativos em suas vidas pessoais. Pessoas são diferentes umas das outras. Por que que eles também não podem diferir entre si no tocante à resposta ao público?
Trazer o universo de Zélia até o EnTHulho foi muito tranquilo. Eu percorro muito bem por seu mundo, seus discos, músicas e acho que fizemos um bom trabalho. Além de ter sido fácil, foi extremamente prazeroso.
Que, um dia, ela veja e me diga o que achou. Com seu sorrisão e simpatia tão características...

:)

ÚLTIMA FAIXA: Sorrir, Pelo Sabor Do Gesto (29 de Novembro de 2010)



O EnTHulho Musical perguntou aos fãs de Zélia quais suas preferidas, e o resultado você confere...AGORA!

TOPTULHO MUSICAL ESPECIAL ZÉLIA DUNCAN - 26/11/17

1) ALMA (Álbum "Sortimento", de 2001)
2) ENQUANTO DURMO (Álbum "Intimidade", de 1996)
3) CATEDRAL (Álbum "Zélia Duncan", de 1994)
4) ME REVELAR (Álbum "Sortimento", de 2001)
5) NOS LENÇÓIS DESSE REGGAE (Álbum "Zélia Duncan", de 1994)
6) VERBOS SUJEITOS (Álbum "Acesso", de 1998)
7) NÃO VÁ AINDA (Álbum "Zélia Duncan", de 1994)
8) PAGU (Álbum "3001", de Rita Lee, de 2000)
9) CARNE E OSSO (Álbum "Pré-Pós-Tudo-Bossa-Band", de 2005)
10) BREVE CANÇÃO DE UM SONHO (Trilha Sonora Da Novela "Cheias De Charme", de 2012)
11) IMORAIS (Álbum "Acesso", de 1998)
12) JURA SECRETA (Álbum "Eu Me Transformo Em Outras", de 2004 - faixa incluída)
13) FELICIDADE (Álbum "Pelo Sabor Do Gesto Em Cena", de 2011)
14) SENTIDOS (Álbum "Zélia Duncan", de 1994)
15) O TOM DO AMOR (Álbum "Pelo Sabor Do Gesto Em Cena", de 2011)
16) TUA BOCA (Álbum "Tudo Esclarecido", de 2012)
17) DOR ELEGANTE  (Álbum "Pré-Pós-Tudo-Bossa-Band", de 2005)
18) LÁ VOU EU (Álbum "Zélia Duncan", de 1994)
19) VI, NÃO VIVI  (Álbum "Pré-Pós-Tudo-Bossa-Band", de 2005)
20) TUDO SOBRE VOCÊ (Álbum "Pelo Sabor Do Gesto", de 2009)

TAMBÉM FORAM VOTADAS:

21) DREAM A LITTLE DREAM OF ME
22) CÓDIGO DE ACESSO
23) INTIMIDADE 
24) ANTES DO MUNDO ACABAR
25) PARTIR, ANDAR
26) A IDADE DO CÉU
27) QUASE SEM QUERER
28) PELO SABOR DO GESTO
29) TODOS OS VERBOS
30) BORBOLETA
31) ÀS VEZES NUNCA
32) IMPROVÁVEL
33) LEONOR
34) A NATUREZA DAS COISAS
35) NEGA MANHOSA
36) CAPITU
37) VOU TIRAR VOCÊ DO DICIONÁRIO
38) HAIKAI
39) CABELO DURO
40) SUPER HOMEM, A CANÇÃO
41) EXPERIMENTA
42) TODOS OS DIAS
43) REDENTOR
44) O MEU LUGAR
45) EU SÓ ME LIGO EM VOCÊ
46) CAXANGÁ
47) CUIDE-SE BEM
48) FOX BAIANO
49) POR QUÊ EU NÃO PENSEI NISSO ANTES?
50) PRÉ-PÓS-TUDO-BOSSA-BAND
51) METAMORFOSE AMBULANTE
52) EU ME ACERTO
53) DIZ NOS MEUS OLHOS
54) JURA
55) CIGANO
56) QUEM CANTA SEUS MALES ESPANTA
57) NO MEU PAÍS
58) TELHADOS DE PARIS
59) DISTRAÇÃO
60) O LADO BOM
61) SE TIVER
62) DISFARÇA E CHORA
63) O HABITAT DA FELICIDADE

MÚSICAS RELEVANTES NÃO VOTADAS:

ABERTO
ALEGRIA DE VIVER
AMIGO É CASA
BABY (MUTANTES)
BOM PRA VOCÊ
CHEGA DISSO
DEPOIS DO PERIGO
EXAGERADO
EU VOU ESTAR
FUGA Nº II (MUTANTES)
GET BACK
FLORES
MÃOS ATADAS
NÃO TEM VOLTA
OLHA O DIA VEM AÍ
OUTRA LUZ
POR ENQUANTO/ O SEGUNDO SOL
POR ISSO CORRO DEMAIS
PRÓXIMA ENCARNAÇÃO
QUISERA EU
TEMPESTADE
TODA VEZ
VOCÊ VAI VER
UMA BRASILEIRA



E é com muita ALMA que encerramos esse especial, com essa que a foi a música mais votada de ZD. Volte sempre ao EnTHulho Zélia, pois nós te amamos!

Agradecimento especial a todos os internautas que votaram e demonstraram conhecer bastante a carreira da cantora!


ALMA
Pepeu Gomes/Arnaldo Antunes
Zélia Duncan

Alma
Deixa eu ver sua alma
A epiderme da alma
Superfície!
Alma
Deixa eu tocar sua alma
Com a superfície da palma
Da minha mão
Superfície!

Easy! Fique bem easy
Fique sem, nem razão
Da superfície!
Livre! Fique sim, livre
Fique bem, com razão ou não...

Aterrize!

Alma!
Isso do medo se acalma
Isso de sede se aplaca
Todo pesar não existe
Alma!
Como um reflexo na água
Sobre a última camada
Que fica na
Superfície

Crise!
Já acabou, livre
Já passou o meu temor
Do seu medo sem motivo
Riso de manhã, riso
De neném a água já molhou
A superfície!

Alma!
Daqui do lado de fora
Nenhuma forma de trauma
Sobrevive
Abra a sua válvula agora
A sua cápsula alma
Flutua na
Superfície

Lisa, que me alisa
Seu suor, o sal que sai do sol
Da superfície
Simples, devagar, simples
Bem de leve
A alma já pousou
Na superfície

Alma!
Daqui do lado de fora
Nenhuma forma de trauma
Sobrevive
Abra a sua válvula agora
A sua cápsula alma
Flutua na
Superfície!

Lisa, que me alisa
Seu suor, o sal que sai do sol
Da superfície
Simples, devagar, simples
Bem de leve
A alma já pousou
Na superfície
Alma!
Deixa eu ver sua alma
A epiderme da alma
Superfície
Alma!
Deixa eu tocar sua alma
Com a superfície da palma
Da minha mão
Superfície!

Alma!
Deixa eu ver!
Deixa eu tocar!
Alma! Alma!
Deixa eu ver!
Deixa eu tocar!




Mas a festa só tá começando...agora vamos ficar com o ...


3 anos de parada! 3 anos tentando resgatar o melhor que (ainda) existe na MPB para vocês!

Minha felicidade é receber mensagens do tipo: "não conhecia aquela música, mas graças ao TopTulho conheci". 

O TopTulho surgiu baseado na Rádio MPB FM, e assim permaneceu até Janeiro deste ano, quando ela saiu do ar. Uma tristeza! Mas, ao longo desse 2017, foquei na pesquisa das músicas brasileiras de MPB lançadas e continuei o projeto, e, hoje, anuncio que o projeto continuará em 2018, pois, onde houver música brasileira boa, o TopTulho perseguirá (e persistirá). 

Ainda falando nesse 2017, foi o ano no qual o TopTulho virou interativo, ou seja, as músicas entram na parada de acordo com as votações de vocês!

Para essa edição de aniversário, tinha preparado um especial com todas as músicas que já passaram pelo TopTulho de cada artista, mas, como não consegui terminar (são MUITAS MÚSICAS). eu fiz diferente: reuni todas as músicas que JÁ CHEGARAM à primeira posição aqui na parada, a título de curiosidade!


TOPTULHO - TODAS AS PRIMEIRAS POSIÇÕES!

BANDA DO MAR - Mais Alguém (30/11/14) (Edição #01)
MALTA - Diz Pra Mim (07/12/14) (Edição #02)
ZECA BALEIRO - Ai Que Saudade D' Ocê (11/01/15) (Edição #06)
ARLINDO CRUZ - Não Penso Mais Em Nada (18/01/15) (Edição #07)
MART'NÁLIA - Peço a Deus (08/02/15) (Edição #10)
JOTA QUEST - Dentro De Um Abraço (22/02/15) (Edição #12)
SKANK - Esquecimento (15/03/15) (Edição #15)
ALICE CAYMMI - Como Vês (29/03/15) (Edição #17)
MARJORIE ESTIANO & GILBERTO GIL - Luz Do Sol (12/04/15) (Edição #19)
PAULA TOLLER - Transbordada (19/04/15) (Edição #20)
THIAGO PETHIT - Honey Bi (03/05/15) (Edição #22)
VANESSA DA MATA - Por Onde Ando, Tenho Você (17/05/15) (Edição #24)
PITTY - Serpente (24/05/15) (Edição #25)
MARIA BETHÂNIA - Eu Te Desejo Amor (31/05/15) (Edição #26)
ANA CAROLINA - Coração Selvagem (05/07/15) (Edição #31)
LENINE - Simples Assim (26/07/15) (Edição #34)
GAL COSTA - Quando Você Olha Pra Ela (09/08/15) (Edição #36)
CAZUZA - Exagerado 3.0 (06/09/15) (Edição #40)
SEU JORGE - Felicidade (20/09/15) (Edição #42)
IVETE SANGALO - Azul Da Cor Do Mar (18/10/15) (Edição #46)
EMICIDA & VANESSA DA MATA - Passarinhos (08/11/15) (Edição #49)
TIÊ - A Noite (29/11/15) (Edição #52)
DJAVAN - Não É Um Bolero (06/12/15) (Edição #53)
ROBERTO CARLOS - Eu Te Amo, Eu Te Amo, Eu Te Amo (Remix 2015) (20/12/15) (Edição #55)
SKANK - Do Mesmo Jeito (10/01/16) (Edição #57) 
DIOGO NOGUEIRA - Clareou (17/01/16) (Edição #58)
PAULA LIMA - Fiu Fiu (07/02/16) (Edição #61)
ANA CAROLINA - Coisas (14/02/16) (Edição #62)
CASUARINA - Queira Ou Não Queira (28/02/16) (Edição #64)
CAETANO VELOSO & EMICIDA - Baiana (20/03/16) (Edição #67)
ANA CAROLINA & SEU JORGE - Mais Uma Vez (03/04/16) (Edição #69)
MARISA MONTE - Nu Com A Minha Música (24/04/16) (Edição #72)
GAL COSTA - Ecstasy (15/05/16) (Edição #75)
MARIA RITA - Bola Pra Frente (22/05/16) (Edição #76)
ZECA BALEIRO - Era Domingo (05/06/16) (Edição #78)
MOSKA - Tudo O Que Acontece De Ruim É Pra Melhorar (19/06/16) (Edição #80)
TIAGO IORC & SANDY - Me Espera (26/06/16) (Edição #81)
MONIQUE KESSOUS - Eu Sem Você (24/07/16) (Edição #85)
TIAGO IORC & SANDY - Me Espera (Voltam à liderança nessa edição) (07/08/16) (Edição #87)
IVETE SANGALO - O Farol (28/08/16) (Edição #90)
FERNANDA ABREU - Saber Chegar (11/09/16) (Edição #92)
NANDO REIS/2 REIS - O Mundo É Bão, Sebastião (18/09/16) (Edição #93)
IVETE SANGALO - Mais E Mais (25/09/16) (Edição #94)
MILTON NASCIMENTO & DANI BLACK - Maior (23/10/16) (Edição #98)
DJAVAN - Ânsia De Viver (30/10/16) (Edição #99)
TIAGO IORC - Coisa Linda (06/11/16) (Edição #100)
MARIA BETHÂNIA - Era Pra Ser (27/11/16) (Ediçao #103)
BABY DO BRASIL - Malandro (04/12/16) (Edição #104)
BLITZ & ZECA PAGODINHO - Fominha (11/12/16) (Edição #105)
MARIA BETHÂNIA - Era Pra Ser (Volta à liderança nessa edição) (18/12/16) (Edição #106)
ARTHUR AGUIAR - A Flor (08/01/17) (Edição #107)
ANAVITÓRIA - Agora Eu Quero Ir (15/01/17) (Edição #108)
CLARICE FALCÃO - Eu Escolhi Você (22/01/17) (Ediçao #109)
ANA VILELA - Trem Bala (13/02/17) (Edição #112)
ANITTA & MALUMA - Sim Ou Não (19/02/17) (Edição #113)
ANA VILELA - Trem Bala (Volta à liderança nessa edição) (05/03/17) (Edição #115)
ELZA SOARES - A Mulher Do Fim Do Mundo (21/03/17) (Edição #117)
ANAVITÓRIA & TIAGO IORC - Trevo (02/04/17) (Edição #119)
PROJOTA - Oh Meu Deus! (23/04/17) (Edição #122)
ROBERTO CARLOS - Sereia (14/05/17) (Edição #125)
TIÊ - Mexeu Comigo (04/06/17) (Edição #128)
CAZUZA & NEY MATOGROSSO - Dia Dos Namorados (12/06/17) (Edição #129)
SANDY - Respirar (16/07/17) (Edição #134) 
ANITTA - Paradinha (23/07/17) (Edição #135)
MAJOR LAZER, ANITTA & PABLLO VITTAR - Sua Cara (13/08/17) (Edição #138)
CHICO BUARQUE - Tua Cantiga (03/09/17) (Edição # 141)
ELZA SOARES & PITTY - Na Pele (17/09/17) (Edição # 143)
TRIBALISTAS - Aliança (08/10/17) (Edição # 146)
TIÊ - Amuleto (22/10/17) (Edição # 148)
ZIZI POSSI - Faltavam Seus Olhos (05/11/17) (Edição # 150)
PABLLO VITTAR & MATEUS CARRILHO - Corpo Sensual (12/11/17) (Edição # 151)
GAL COSTA, GILBERTO GIL E NANDO REIS - Tocarte (26/11/17) (Edição # 153)

Muita gente boa na liderança, hein? E hoje, tem primeiro lugar novo! Justamente "a Trinca De Ases" que vem fazendo a cabeça do universo da MPB, Nando Reis, Gal Costa e Gilberto Gil, com "Tocarte". A gente vê como ficou a edição de hoje, e encerra esse dia de festa com eles!


TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO # 153 - 26/11/17

1) GAL COSTA, GILBERTO GIL & NANDO REIS - Tocarte (+2) (4 Semanas) 
2) FREJAT - Tudo Se Transforma (=) (7 Semanas)
3) PABLLO VITTAR & MATEUS CARRILHO - Corpo Sensual (-2) (6 Semanas)   
4) IVETE SANGALO - Simples Assim (+1) (6 Semanas)   
5) CHICO BUARQUE & RAFAEL MIKE - As Caravanas (+2) (4 Semanas) 
6) SILVA - Amor I Love You (+4) (5 Semanas) 
7) DANIELA MERCURY - Banzeiro (+4) (3 Semanas) 
8) ZIZI POSSI - Faltavam Seus Olhos (-4) (7 Semanas)    
9) PRETA GIL & GAL COSTA - Vá Se Benzer (ESTREIA)
10) URBANA LEGION - Mariane 2 (+2) (5 Semanas) 
11) GABRIEL PENSADOR - Tô Feliz, Matei O Presidente 2 (+5) (3 Semanas) 
12) PATO FU - Severina Xique-Xique (+3) (3 Semanas)
13) PATO FU - Palco (-5) (9 Semanas)    
14) TIÊ - Amuleto (-5) (10 Semanas)    
15) LULU SANTOS - Baila Comigo (+2) (2 Semanas)
16) VANESSA DA MATA - Orgulho E Nada Mais (-10) (6 Semanas) 
17) PAULO MIKLOS - Vou Te Encontrar (ESTREIA)
18) NANDO REIS - Nos Seus Olhos (-4) (10 Semanas) 
19) ANELIS ASSUMPÇÃO - Receita Rápida (+1) (2 Semanas) 
20) TRIBALISTAS - Diáspora (-7) (9 Semanas)         

Saem:

TRIBALISTAS - Fora Da Memória (4 Semanas. Maior posição: 14)
ELZA SOARES & PITTY - Na Pele (13 Semanas. Maior posição: 01) 



TOCARTE
Gal Costa, Gilberto Gil e Nando Reis

Tocar-te assim
Como se toca música
Tangendo as cordas
Dedilhando as teclas
Metendo as mãos na pele do tambor

Tocar-te assim
Como se toca samba
A perna bamba
O pulso no compasso
E aquele abraço pra trazer calor

Tocar-te
No rosto, no nariz, no lábio
Com algum ressábio
Tocar-te no ventre
Que aí, já terei ido mais a frente
Talvez seja forçado a recuar

Tocar-te na perna
No braço, no seio
Com algum receio
Tocar-te no meio
Que aí, já foi tão longe o devaneio
Que o melhor talvez seja parar

Tocarte
A arte de tocar-te a partitura
Na altura que o amor possa alcançar
Tocarte
A arte de tocar-te o instrumento
Juntar num só momento o nosso par

Meu sentimento
E o teu consentimento
Meu querer
E o que queres me dar...



TH - Que venham mais três anos de TopTulho!

domingo, 19 de novembro de 2017

TOPTULHO MUSICAL # 152!



Bem vindos ao último TopTulho desse ano III. Semana que vem a seção faz aniversário e, como se sabe, vai mudar muita coisa, a começar pelos novos logotipos do TopTulho e do TopTulho Musical Do Passado, os quais já apresentei no grupo do EnTHulho no Facebook! Começará o ano IV, que virá com muito mais músicas boas brasileiras! Por ora, vamos nos despedindo dos logotipos atuais! rs

O TopTulho, como se sabe, busca colocar em evidência boa música brasileira, ofuscada pela mídia, que sempre opta por coisas massificadas e repetitivas. Ainda há rock, MPB e demais estilos para serem mostrados a vocês, e essa é a missão do TopTulho!

Hoje temos mais duas estreias - as últimas da enquete que realizei no dia 27/10 no grupo do Facebook. Essa semana, dia 16/11, eu também fiz uma nova enquete, que resultou em oito músicas, que deverão estrear nas próximas três edições. Não sei vocês, mas estou adorando essa fase interativa do TopTulho! 

São elas: Lulu Santos cantando Rita Lee e Anelis Assumpção, filha do maravilhoso (e saudoso) Itamar Assumpção entram nos lugares do Tribalistas (Aliança) e Chico Buarque (Tua Cantiga), que nos deixaram. Aliás, "Tua Cantiga" é forte candidata a música do ano, pois teve um excelente desempenho no TopTulho!

Semana que vem, a edição de aniversário será especial, mas será surpresa! Aguardem que não se arrependerão! E, na última semana de Dezembro, vai ao ar o TOPTULHO ESPECIAL - RETROSPECTIVA 2017! Façam suas apostas, pois sua música preferida desse ano poderá estar bem colocada dentre as 100 mais!

Sem delongas, vamos à edição 152!


TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO # 152! - 19/11/17

1) PABLLO VITTAR & MATEUS CARRILHO - Corpo Sensual (=) (5 Semanas)   
2) FREJAT - Tudo Se Transforma (+1) (6 Semanas)
3) GAL COSTA, GILBERTO GIL & NANDO REIS - Tocarte (+6) (3 Semanas)
4) ZIZI POSSI - Faltavam Seus Olhos (-2) (6 Semanas)   
5) IVETE SANGALO - Simples Assim (+1) (5 Semanas)  
6) VANESSA DA MATA - Orgulho E Nada Mais (+2) (5 Semanas)  
7) CHICO BUARQUE & RAFAEL MIKE - As Caravanas (+5) (3 Semanas) 
8) PATO FU - Palco (-4) (8 Semanas)   
9) TIÊ - Amuleto (-5) (9 Semanas) 
10) SILVA - Amor I Love You (+1) (4 Semanas)     
11) DANIELA MERCURY - Banzeiro (+6) (2 Semanas)
12) URBANA LEGION - Mariane 2 (+1) (4 Semanas) 
13) TRIBALISTAS - Diáspora (-6) (8 Semanas)         
14) NANDO REIS - Nos Seus Olhos (-4) (9 Semanas) 
15) PATO FU - Severina Xique-Xique (+1) (2 Semanas) 
16) GABRIEL PENSADOR - Tô Feliz, Matei O Presidente 2 (+2) (2 Semanas)
17) LULU SANTOS - Baila Comigo (ESTREIA)
18) TRIBALISTAS - Fora Da Memória (-4) (4 Semanas)
19) ELZA SOARES & PITTY - Na Pele (-4) (13 Semanas)  
20) ANELIS ASSUMPÇÃO - Receita Rápida (ESTREIA)

Saem:

TRIBALISTAS - Aliança (11 Semanas. Maior posição: 01) 
CHICO BUARQUE - Tua Cantiga (14 Semanas. Maior posição: 01)  

Já destacamos Vanessa Da Mata esse ano, mas ela merece mais uma vez. "Orgulho e Nada Mais" vem subindo bastante, e mostra uma versatilidade que não era óbvia na cantora. 

A música faz parte do projeto "Caixinha De Música - CD e DVD", lançado este ano! Fiquemos, pois, com a talentosa!


ORGULHO E NADA MAIS
Vanessa Da Mata

Era claro
Ele era pra uma noite
Diversão barata, sem força
Saindo em seguida, sem planos
Prático e indolor

Eu caí como pato no jogo
Jogos tolos de adolescente
Culpa minha, orgulho dele
Prêmio de colecionador

Uh uh uh uh
Eu sei que não vai atender
Uh uh uh uh
Quem disse que eu vou ligar?
Se até um tempo atrás eu não te conhecia
Quem pode afirmar que eu preciso de você?

Uh uh uh uh
Eu sei que não vai atender
Uh uh uh uh
Quem disse que eu vou ligar?
Espero o dia que estará em minha frente
Pra eu olhar você e perceber nada mais

Tantos anos
Mendiguei um oi ou um gesto
Você dando corda e tirando
Meu dinheiro na terapia
A transa mais cara que vi

Eu, vinte dedos podres
Você, um?
Agradeço a Deus se é isso
Psicopatia era um vício
Em ter vários presos na mão

Uh uh uh uh
Eu sei que não vai atender
Uh uh uh uh
Quem disse que eu vou ligar?
Se até um tempo atrás eu não te conhecia, meu bem

Uh uh uh uh
Eu sei que não vai atender
Uh uh uh uh
Quem disse que eu vou ligar?
Espero o dia que estará em minha frente
Pra eu olhar você e enxergar nada mais...


Já o Frejat também esteve aqui esse ano - foi destaque em Abril. "Tudo Se Transforma", seu mais novo hit inédito, teve uma votação muito expressiva na enquete que fiz quando ele estreou, a ponto de hoje conquistar a medalha de prata da nossa parada. 

Frejat só melhora com o tempo, e vou dedicar essa música - que tem uma letra que passa uma mensagem muito verdadeira -  a uma grande fã sua: a minha amiga Patrícia Paes!



TUDO SE TRANSFORMA
Roberto Frejat

Amanheceu outra vez
Estou pronto pra encarar
A fúria dos dias

Mergulhei bem fundo
Saí mais forte pra enfrentar
A realidade

A vida girando sem parar
Muitas águas já rolaram
E ainda vão rolar
E eu não vou olhar pra trás

Em um segundo tudo muda
Horas, dias, meses voam
E num piscar de olhos tudo
Tudo se transforma

Não quero mais mentir pra mim
Não quero mais me iludir

Com paciência e coragem
Vou vivendo e aprendendo a viver
Tudo acaba sendo como tem que ser
Tudo passa, tô aprendendo a viver

Em um segundo tudo muda
Horas, dias, meses voam
E num piscar de olhos tudo
Tudo se transforma
Tudo se transforma

Não quero mais mentir pra mim
Não quero mais me iludir
E a partir daqui
Todo sim é um começo
Um recomeço a cada fim
Tudo acontece aqui agora
Tudo vai e vem
E se transforma
Tudo se transforma

Em um segundo tudo muda
Num piscar de olhos

Não quero mais mentir pra mim
Não quero mais me iludir
E a partir daqui
Todo sim é um começo
Um recomeço a cada fim
Tudo acontece aqui agora
Todo sim é um começo
Um recomeço a cada fim
Tudo acontece aqui agora
Tudo vai e vem
E se transforma. 
Tudo Se Transforma...



Legal! Vamos agora voltar no tempo, pois vai começar o...


Depois do TopTulho Do Passado duplo da semana passada (que debulhou os anos de 1935 e 1936), hoje a gente viaja até o ano de 1937

Mas, antes, mais um trecho daquele texto-geral sobre a década de 30, continuando do ponto que ficamos na semana passada!

DÉCADA DE 30 - OS ANOS DAS INCERTEZAS!
Fátima Mendes Carvalho - Parte VII

No início de 1937, o presidente Getúlio Vargas afastou alguns generais legalistas do comando de regiões estratégicas, como o sul do país, enquanto o mineiro Francisco Campos, simpatizante do facismo, redigia uma nova Constituição, examinada e aprovada secretamente por elementos do grupo dominante ou a ele ligados, como o governador de Minas Gerais, Benedito Valadares, o integralista Plínio Salgado e o general Góes Monteiro. O golpe era apoiado pela maioria dos governantes estaduais e por grande parte dos comandantes do Exercito.
A divulgação em outubro do Plano Cohen, um plano comunista de tomada do poder, foi um documento escrito, forjado pelo capitão integralista Olímpio Mourão Filho - na época membro do Serviço Secreto -, a pedido de Plínio Salgado, de ideologia nacionalista, com a intenção de simular, supostamente para efeitos de estudo, uma revolução comunista no Brasil. O plano foi utilizado pelo governo federal com o objetivo de aterrorizar a população e justificar um golpe de Estado que permitiria a Getúlio Vargas perpetuar-se na Presidência do país.
Deixando-se envolver pelas manobras das correntes autoritárias e integralistas, o Congresso autorizou a decretação de um surpreendente “ESTADO DE GUERRA”, que facilitou a repressão às oposições liberais, uma vez que as forças populares de esquerda já estavam enfraquecidas desde novembro de 1935. Comissões Executivas do Estado de Guerra, chefiadas por militares simpatizantes do integralismo, foram criadas pelo Governo e designadas inicialmente para os Estados cujos governadores, estavam ligados a União Democrática Brasileira, como o Rio Grande do Sul, onde Flores da Cunha renunciou, asilando-se no Uruguai.
Finalmente, no dia 10 de novembro de 1937, procurando neutralizar o apelo dos liberais da UDB à intervenção das Forças Armadas contra o golpismo “de um pequeno grupo de homens”, o Governo ordenou o cerco ao Congresso Nacional, antecipando o golpe que estava marcado para o dia 15. à noite, Vargas anunciou por uma cadeia de rádio a outorga ao povo de uma nova Constituição. Não fora feita pelo povo, nem pelos seus representantes, mas por um jurista de tendências autoritárias, Francisco Camos, que se inspirou na Constituição facista da Polônia. Era a “polaca”, uma “doação” de Vargas ao povo, que regulamentava a implantação definitiva da ditadura ou “Estado Novo”, como foi chamada, generosamente, por seus responsávieis. 
A força de atuação dos trabalhadores, seja no meio urbano ou rural, começa a ser vista como uma fonte séria de ameaças a consolidação do Estado Novo de Getúlio Vargas. De um lado a contestação social que começa a se evidenciar aos finais da década de 20, estimulada pela rápida propagação dos ideais comunistas, socialistas e anárquicos no Brasil. De outro o organismo do Estado que enxerga nestes movimentos, o “que” de contestação de sua postura e trabalho social. O embate entre Estado junto à burguesia industrial versus proletariado se trava em vários meios: seja nas legislações trabalhistas que visavam fornecer ao Estado o quase total controle sobre a autonomia dos sindicatos e declinar o movimento proletariado, seja no projeto burguês de “modernização” do proletariado e controle sobre o mesmo, ou seja, na resistência dos trabalhadores. 
O jornalismo na era Vargas serviu como ponto de apoio para a manutenção do seu poder. Em novembro de 1937, após o golpe e a promulgação da Nova Constituição, a imprensa serviu para consolidar as diferenças nacionais. O artigo 122, no artigo 15, afirmava que todo cidadão tem o direito de manifestar o seu pensamento oralmente por escrito ou impresso. A Imprensa passou a ser regida através de uma Lei Especial. Entre os diversos artigos, destacam-se dois: a Imprensa exerce uma função de caráter público e nenhum jornal pode recusar a inserção de comunicados do Governo nas dimensões taxadas em Lei. 
A censura estava instituída oficialmente a partir de 1937. O Decreto de número 149 no 2º artigo dizia que “os jornais em quaisquer publicações periódicas cumprem contribuir, por meio de artigos, comentários, editoriais, e toda a espécie de noticiário para a obra de esclarecimento da opinião popular em torno dos planos de reconstrução material e reerguimento nacional”. (CONTINUA...)


1937...

Impossível não comentar sobre esse ano sem falar do Grande Golpe de 37, aqui no Brasil, que institucionalizou o período ditatorial de Getúlio Vargas. 

Antes de iniciar, deixo minha opinião pessoal: Getúlio não seguiu nenhuma ideologia - Esquerda ou Direita, mas também não o vejo afastado de nenhuma das duas em diversos momentos de seu longo governo!

O Golpe de 1937 instaurou o Estado Novo, em 10 de novembro de 1937. Getúlio Vargas havia sido alçado ao governo da nação em outubro de 1930, e havia cumprido o Governo Provisório entre os anos 1930 e 1934. Em 1934, foi estabelecida uma nova Constituição e a previsão de eleições para a presidência do país para o ano de 1938. Getúlio Vargas tornou-se presidente constitucional do país, em 1934; esse Governo Constitucional durou até o Golpe de 1937.

Em 1937, iniciaram-se as campanhas dos candidatos à sucessão presidencial. Candidataram-se ao pleito o governador do Estado de São Paulo, Armando de Sales Oliveira, o situacionista, José Américo de Almeida, e o presidente da Ação Integralista Brasileira, Plínio Salgado. Getúlio Vargas não respaldou politicamente nenhuma das candidaturas para as eleições de 1938, nem mesmo o candidato indicado para sucessor dele.

Essa campanha para a eleição presidencial acontecia em um período de turbulência política, estava em vigência o estado de guerra para coibir a atuação comunista no país. O estado de guerra tinha sido decretado em 1936 como repressão às Revoltas Comunistas de 1935. Desse modo, as campanhas também foram cerceadas pela censura e limitações políticas impostas pelo estado de guerra. Os opositores do governo de Vargas também foram alijados pelo estado de guerra. Getúlio Vargas pretendia manter-se no poder, por isso, durante as eleições, suscitou resistências regionais pela continuidade do governo dele em Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Sul.

O fortalecimento e unificação do exército, promovidos pelo ministro da Guerra, Góis Monteiro, entre os anos de 1934 e 1935, foram necessários para a realização do Golpe de 1937. Para viabilizar esse intento de Góis Monteiro, foi estimulada a desarticulação do governo do Estado do Rio Grande do Sul, presidido por Flores da Cunha. Desde 1935, a atuação de Flores da Cunha à frente do governo gaúcho engendrava cisões no seio das forças armadas. O ministro da Guerra Eurico Gaspar Dutra (1936-1945) deu continuidade ao fortalecimento do exército nacional e à desarticulação do governo estadual de Flores da Cunha, que renunciou ao cargo.

Nesse período, a acusação de comunismo era um artifício político para propiciar a perseguição de oponentes. Dessa maneira, o então governador de Pernambuco, Lima Cavalcanti, foi acusado de envolvimento com o comunismo. Plínio Salgado também acusara de comunistas os demais candidatos à presidência da República. O “perigo vermelho” era uma forma de promover a instabilidade política e possibilitar um golpe militar.

Desde as Revoltas Comunistas de 1935 foram intensificadas as perseguições políticas aos militantes e intelectuais de esquerda que sofriam no cárcere. As militantes comunistas Olga Benário e Elisa Berger foram entregues à Gestapo, a polícia nazista, e outros militantes presos sofriam brutais torturas na prisão. O encarceramento não foi restrito aos comunistas e aos envolvidos nos Levantes de 1935, também foram presos intelectuais e políticos que não possuíam relação com esses movimentos. A despeito do impedimento da atuação dos comunistas no Brasil, esses continuaram a ser acusados de insuflarem sublevações no país.

Em setembro de 1937, começou a circular nas mídias de massas um documento falso engendrado pelos integralistas, o Plano Cohen. Nesse documento havia informações de que os comunistas pretendiam estimular insurreições para tomar o poder no Brasil. Apesar de evidentemente fictício, esse documento foi utilizado por Vargas como motivo para a decretação do estado de guerra, em 2 de outubro de 1937. O decreto do estado de guerra possibilitou a Getúlio Vargas fechar o Congresso Nacional e instituir uma nova Constituição baseada na constituição fascista da Polônia que por isso ficou conhecida como “polaca”, assim efetivando o Golpe de 10 de novembro de 1937. Esse golpe implantou o Estado Novo, regime no qual Getúlio Vargas atuou ditatorialmente.

Por Natália Rodrigues

Mestre em História (UERJ, 2016)
Graduada em História (UERJ, 2014)



Nos cinemas de 1937...

- BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES, da Disney
- HORIZONTE PERDIDO
- A GRANDE ILUSÃO
- A RUA DA VAIDADE
- VAMOS DANÇAR?
- HEIDI
- NO TEATRO DA VIDA

Dentre outros...



Na música internacional de 1937...

BENNY GOODMAN - Goodnight My Love
BING CROSBY - Blue Hawaii
BING CROSBY & JIMMY DORSEY ORCHESTRA - Too Marvelous For Words
EDDY DUCHIN - Moonlight And Shadows
EDDY DUCHIN - Pennies From Heaven
FRED ASTAIRE - The Way You Look Tonight
JEANETTE MCDONALD & NELSON EDDY - Indian Love Call
RAY NOBLE - I've Got You Under My Skin
TOMMY DORSEY - Marie

E na música nacional? Vamos conferir agora. Viajando para...1937!

Há 80 anos...

1) ORLANDO SILVA - Carinhoso
2) SILVIO CALDAS - Chão De Estrelas
3) DIRCINHA BATISTA - Periquito Verde
4) VICENTE CELESTINO - Coração Materno
5) JARARACA - Mamãe Eu Quero
6) FRANCISCO ALVES - Serra Da Boa Esperança
7) PATRÍCIO TEIXEIRA - Não Tenho Lágrimas
8) CASTRO BARBOSA - Lig Lig Lig Lé
9) LUIZ BARBOSA - Risoleta
10) ODETE AMARAL - Não Pago O Bonde
11) AURORA MIRANDA - E Foi Assim
12) CARLOS GALHARDO - E O Destino Desfolhou
13) GASTÃO FORMENTI - A Vida É Boa
14) ALMIRANTE - Vida Marvada
15) NUNO ROLAND - Amor Por Correspondência
16) BONFIGLIO DE OLIVEIRA - O Que Se Pode Arranjar
17) CARMEN MIRANDA - Eu Dei... (!)
18) JORGE FERNANDES - Meu Limão, Meu Limoeiro
19) JOEL & GAÚCHO - Batuque Na Cozinha
20) CARMEN BARBOSA - Carnaval Que Passou

MENÇÕES HONROSAS:

ALMIRANTE - Apanhei Um Resfriado
ALVARENGA & RANCHINHO - Seu Condutor
ARACY DE ALMEIDA - Eu Sei Sofrer
ARACY DE ALMEIDA & OS DIABOS DO CÉU - Qual O Quê?
AUGUSTO CALHEIROS - Foi Na Bahia
CARLOS GALHARDO - 24 Horas Sem Amor
CARLOS GALHARDO - A Você
CARLOS GALHARDO - Assim Acaba Um Grande Amor
CARLOS GALHARDO - Eu Sei De Alguém
CARLOS GALHARDO - Madame Pompadur
CARLOS GALHARDO - Mais Uma Valsa...Mais Uma Saudade!
CARLOS GALHARDO - Quanta Tristeza
CARMEN MIRANDA - Balancê
CARMEN MIRANDA - Camisa Listrada
CARMEN MIRANDA - Entra No Cordão
CARMEN MIRANDA - Me Dá, Me Dá
DÉO - Canta
DÉO - Perdi Meu Carinho
DIRCINHA BATISTA - Não Chora
DUPLA VERDE E AMARELO - Receita Médica
FRANCISCO ALVES - Ando Sofrendo
FRANCISCO ALVES - Misterioso Amor
FRANCISCO ALVES - Só Nós Dois No Salão (E Esta Valsa)
GASTÃO FORMENTI - Chorinho
GASTÃO FORMENTI - Coração, Por Que Soluçar?
GASTÃO FORMENTI - Maria Fulô
GEORGE FERNANDES - Se Voltares Um Dia
IRMÃS PAGÃS - Se Você Me Deixar
JARARACA - Lá Vem Você
JAYME VOGELER - Cuidado Com Essa Morena
JB DE CARVALHO - Alô, Boy!
JB DE CARVALHO - Bateu 5 Horas
JB DE CARVALHO - Eu Era Bem Feliz
JB DE CARVALHO - Falso Amor
JB DE CARVALHO - Não Sei Se Chorei
JB DE CARVALHO & CONJUNTO TUPY - Juro
JOEL & GAÚCHO - Mangueira
LAMARTINE BABO & SILVINO NETTO - Já Tirei Meu Chapéu
LUIZ BARBOSA - Já Paguei Os Meus Pecados
LUIZ BARBOSA - Lalá e Lelé
LUIZ BARBOSA - Quem Nunca Comeu Melado
LUIZ BARBOSA - Se Esta Rua Fosse Minha
MANOEL MONTEIRO - Amei Uma Cachopa
MANOEL REIS - Horas Tristes
MANOEL REIS - Murmúrios D' Alma
MANOEL REIS - O Que Sempre Senti Por Ti
NEIDE MARTINS - Arlequim
NEWTON TEIXEIRA - Quando Eu For Bem Velhinho
NUNO ROLANT - Enquanto O Luar Está Contente
ODETE AMARAL - Luar No Morro
ODETE AMARAL - Quem É Você?
ODETE AMARAL - Meu Veneno
ODETE AMARAL - Não Deixarei O Morro
ODETE AMARAL - Triste Fiquei
ORLANDO SILVA - Alegria
ORLANDO SILVA - Boêmio
ORLANDO SILVA - Caprichos Do Destino
ORLANDO SILVA - Ciúme Sem Razão
ORLANDO SILVA - Juramento Falso
ORLANDO SILVA - Lábios Que Beijei
ORLANDO SILVA - Rosa
SILVIO CALDAS - Arranha-Céu
SILVIO CALDAS - Amanheceu
SILVIO CALDAS - Cigana
VICENTE CELESTINO - Cinzas
VICENTE CELESTINO - Esquecimento
VICENTE CELESTINO - Fidelidade
VICENTE CELESTINO - Patativa
VITOR BACELAR - Formosa Mulher

"Carinhoso" é talvez a mais importante canção da música brasileira, e foi composta em 1917 por Pixinguinha e, posteriormente, recebeu letra de João De Barro. 

Orlando Silva conseguiu um grande sucesso ao gravá-la, e, como estava no auge em 1937, essa é a primeira posição com excelência!



CARINHOSO
Pixinguinha. João De Barro. 
Orlando Silva

Meu coração não sei por que
Bate feliz Quando te vê...
E os meus olhos ficam sorrindo
E pelas ruas vão te seguindo...
Mas mesmo assim, foges de mim...

Ah se tu soubesses como eu sou
Tão carinhoso e muito, muito
Que te quero... E como é sincero
Meu amor... Eu sei que tu não
Fugirias... Mais de mim...
Vem... Vem... Vem... Veeeem...
Vem sentir o calor dos lábios
Meus a procura dos teus...
Vem matar essa paixão...
Que me devora o coração...
Só assim então serei feliz...
Bem... Feliz..,




TH - Afago n'alma

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...