domingo, 26 de fevereiro de 2017

TOPTULHO MUSICAL # 114! (ESPECIAL ADRIANA CALCANHOTTO)





E foi essa semana mesmo que li a notícia de que Adriana Calcanhotto largou tudo aqui no Brasil para lecionar na Universidade de Coimbra, em Portugal. Esse fato corroborou a impressão que sempre tive da moça - de que sua musicalidade é extremamente literária - que ela é, na verdade, uma Modernista - que a Academia de Letras conservadora (a mesma que demonizou Bob Dylan por ter ganho o Nobel literário) não me ouça!

Drica já é velha conhecida do EnTHulho Musical. Um dos textos que mais gosto (que fiz sobre ela), foi quando ela foi Artista Do Mês, há exatos 6 anos (Fevereiro/2011):

"A tão antiga cumplicidade entre música e literatura...
A teoria musical de qualidade é o trinômio de "ias": melodia, harmonia e poesia. Tem artista que vai aquém e esquece sorrateiramente algum dos elementos. Outros sobrecarregam uns em desfavor de outros e assim se faz a música brasileira: sem fórmula certa, mas que de alguma forma dá certo.
Não sei como enquadrar Adriana Calcanhotto nesse parâmetro: sequer sei se há parâmetro. Sua obra é tão vasta e polivalente que não se consegue situar em qualquer categoria estreita ou pré-determinada. Arrisco dizer que seu trabalho é como a sexualidade de qualquer pessoa: desnecessita de rótulos ou denominações. Estudar sua carreira é constatar que ela é pop, cult, juvenil, adulta, poética, alegre, melancólica, eletrônica, voz-e-violão... um jogo infinito de paradoxos reinventados a cada fase. Não é de se estranhar que obtem fãs de extremidades igualmente opostas: dos humildes aos mais elitizados, todos se deleitam ao sabor de Drica.
Por excelência uma das mais admiradas cantoras dentre os leitores do EnTHulho Musical, estava mais do que na hora dela ganhar um mês inteirinho dedicado a seus discos, músicas, fatos, curiosidades, erros, acertos e tudo o mais. Tem pano demais pra manga e muito o que se discorrer sobre essa poetisa do Rio Grande do Sul, mas com genialidade de descrever com propriedade a cena carioca (onde morou) e a capacidade de usar e abusar de sua visão sobre o que há a seu redor - sejam as pessoas (cariocas são bonitos...cariocas são ousados), sejam abstrações ("não sei bem onde larguei o leão que sempre cavalguei"), ou homenagens ousadas (vamos comer Caetano...comê-lo cru).

Navegar a marítima trajetória de Adriana é ter uma aula completa de literatura. É perceber as influências diretas (Caetano Veloso, Lupicínio Rodrigues, Augusto de Campos, Gerture Stein, dentre tantos outros), condensadas em melodias deliciosas e letras que te traduzem e possuem uma atomosfera rítimica que te dão a sensação de viajar. Embarquemos já, pois!"



De igual forma, o sempre parceiro professor Daniel Vícola também já deixou suas impressões sobre Adriana, cada vez mais aproximado ao universo literário da artista, também em Fevereiro de 2011 (coincidentemente, também num 26/02, como hoje, e também era Carnaval!), com a crônica "VAMBORA": 

"Só a voz e o talento musical já seriam suficientes para me cativar mas, neste caso, fomos além: ela ainda era inteligente e sensível, poeticamente loquaz e milimetricamente precisa no seu traduzir as emoções; fazia-me crer, com requintes de magia, que observávamos o mundo de lugares diferentes, mas – como duvidar? - sob o mesmo prisma, do mesmo ângulo... Não sei bem por qual razão mas, até há bem pouco tempo, acreditava que compartilhávamos, inclusive, a mesma casa zodiacal. É que alguns encontros são tão perfeitos que quase os inventamos em mapa astral e forjamos coincidências que os tornem ainda mais incríveis – como se fosse necessário melhorar aquilo que, por si só, já é suficientemente bom e epifânico. Como disse, errei. Ela, libriana melíflua de “remoto controle”. Eu, uma casa atrás, esquadrinhando tudo, atento, do meu cantinho: virginianíssimo. Acho que “filtrar os graus” deve ser, de longe, a tarefa a que ela e eu mais nos dedicamos.
Ela, então, verte observações em letra e música como se, depois de criar a alma, fosse capaz de lhe dar um corpo ao qual realmente merecesse estar unida, por força e graça da mais fina sintonia, transformando o produto final naquilo que todo artista pretende que seu trabalho seja: porta-voz das emoções e do modo de ver que deram, afinal, origem e sentido àquilo.
E, sim, tenho o palpite de que muitos concordarão quando digo que Adriana é isso: uma sensibilidade vitoriosa, capaz de se fazer ouvir e sentir sem muito esforço, posto que é inteligentemente simples, embora, simultaneamente, encerre complexa sabedoria ao descrever tão bem, em linhas musicais, estados d´alma, por vezes, tão custosos de se traduzir ou assumir.
Dei-me conta disso quando, num daqueles repentes felizes, subitamente escutei numa canção sua uma verdade, meu Deus, tão minha: “Há algo que jamais se esclareceu: onde foi, exatamente, que larguei, naquele dia mesmo, o leão que sempre cavalguei?”
Passei, junto dela, a procurar o tal leão que, muito vezenquando, reencontro aqui e ali, lembrando-me sempre de agradecê-la pelo conselho, pela luz, pela metáfora tão bem construída de uma vida que, teimosa, insiste em se decompor e se recompor só pra ver se há na reinvenção alguma graça, algum motivo, algum regozijo oculto – quiçá clandestino?
Porque embora haja a dor, o sufoco, as perguntas sem respostas e o eterno perscrutar da alma e do sentir alheio que nos causam enorme cansaço e nos desafiam os esquadros do entendimento, há também momentos outros em que, de nós desatados, podemos nos render à “maresia” e conhecer outros portos, outras nuances, maneiras mais leves de sentiviver guiados – oh, maravilha! – pela mesma voz e pela mesma sabedoria das horas mais profundas e analíticas de existir.
Sim, porque quem tem sensibilidade suficiente para tocar, através da música, questões tão profundas da humanidade, também há de ter (como Adriana tem!) olhos bem atentos para o que é simples, despretensioso e franciscano. Aquilo tudo a que, se você entende o que viver realmente representa, sabe dar valor e aproveitar até a última gotinha.
Eis, de novo, a diferença: eu aproveito, ela, musica! Torna tudo em delícias cantadas só para nos ouriçar ainda mais os sentidos e potencializar o desfrute, o sorver, o entender da coisa!
É que, “cantadas”, as verdades doem menos. O espelho fica menos agressivo e, o melhor disso tudo, o que é bom não deixa de acontecer: refletimos. Passamos, sorrindo, por momentos que, sem as cores e o encanto da boa música, talvez fossem insuportavelmente cinza e sofridos.
É o poder do pozinho mágico de “par-tim-pim”: dar asas ao coração e à imaginação de forma doce, embalando sonhos, ratificando frustrações, fazendo explodir os desejos e as revoltas de uma maneira que, de tão poética, nem configura mais agressão, é antes um grito musicado de liberdade ou, quem sabe, de redenção pela arte.
Sei é que Adriana me justifica, por isso eu a amo. Experimento, através dela, a maravilhosa sensação de cumplicidade não de ações, mas de motivos. Aquela sintonia mais profunda, capaz de fundir em amálgama duas sensibilidades afins. Dois gritos que ecoam no espaço a favor de uma mesma almejada liberdade. Dois questionadores. Dois pensa-dores. Duas lágrimas de alegria ao final da mesma epifania.
Ah, que mais dizer? Melhor sentir. O silêncio dará cabo de maneira mais satisfatória da tradução do que vem depois...

Vambora!"



O EnTHulho resolveu falar dessa maravilha hoje, fazendo um carnaval mais intelectual e de qualidade para vocês, e ela foi eleita a dona do TopTulho de hoje! Perguntei aos internautas quais suas preferidas da carreira de Adriana e o resultado foi o seguinte:

1) INVERNO (Álbum "A Fábrica Do Poema", de 1994)
2) ESQUADROS (Álbum "Senhas", de 1994)
3) MENTIRAS (Álbum "Senhas", de 1994)
4) VAMBORA (Álbum "Marítmo", de 1998)
5) MARESIA (Coletânea "Perfil", de 2001)
6) CANTADA (DEPOIS DE TER VOCÊ) (Álbum "Cantada", de 2002)
7) NAQUELA ESTAÇÃO (Álbum "Enguiço", de 1990)
8) DEVOLVA-ME (Coletânea "Perfil", de 2001)
9) METADE (Álbum "A Fábrica Do Poema", de 1994)
10) MAIS FELIZ  (Álbum "Marítmo", de 1998)
11) MULHER SEM RAZÃO (Álbum "Maré", de 2008)
12) GATINHA MANHOSA (Álbum "Partimpim Dois", de 2009)
13) MALDITO RÁDIO (Álbum "O Micróbio Do Samba", de 2011 - faixa bônus)
14) CARIOCAS (Álbum "A Fábrica Do Poema", de 1994)
15) FICO ASSIM SEM VOCÊ (Álbum "Partimpim", de 2004)
16) POR ISSO CORRO DEMAIS (Coletânea "Perfil", de 2001)
17) SENHAS (Álbum "Senhas", de 1994)
18) TRÊS  (Álbum "Maré", de 2008)
19) OITO ANOS (Álbum "Partimpim", de 2004)
20) JUSTO AGORA  (Álbum "Cantada", de 2002)

TAMBÉM FORAM VOTADAS:

21) SOU SUA
22) MORTAES
23) MARINA
24) DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO
25) EU VIVO A SORRIR
26) PARA LÁ
27) SEU PENSAMENTO
28) CANÇÃO DA FALSA TARTARUGA
29) PORTO ALEGRE
30) CAMINHONEIRO
31) VAMOS COMER CAETANO
32) FELICIDADE
33) TAJ MAHAL
34) VOLTA
35) O TRENZINHO DO CAIPIRA
36) BACK TO BLACK
37) POR QUE VOCÊ FAZ CINEMA?
38) MEDO DE AMAR Nº 2

MÚSICAS RELEVANTES NÃO VOTADAS:

ACONTECEU
ÁGUA PERRIER
ALEXANDRE
BAGATELAS
BEIJO SEM
BORBOLETA
CANÇÃO DE NOVELA
CIRANDA DA BAILARINA
CLANDESTINO
DISSERAM QUE VOLTEI AMERICANIZADA
...E O MUNDO NÃO SE ACABOU
E SENDO AMOR
LINDO LAGO DO AMOR
MUSIC-IMPRESSIVE INSTANT
ONDE ANDARÁS
OUTRA VEZ
PARANGOLÉ PAMPLONA
PELOS ARES
QUEM VEM PRA BEIRA DO MAR
REMIX SÉCULO XX
SE ACASO VOCÊ CHEGASSE
SE TUDO PODE ACONTECER
SEGUNDOS
TÁ NA MINHA HORA
TEMA DE ALICE
TONS
VAI SABER?


Encerrando essa merecida homenagem, fiquemos agora com a primeiríssima posição: Inverno, faixa essencial do universo de Adriana Calcanhotto! E mais uma vez, MUITO OBRIGADO pela participação de vocês!


INVERNO
Adriana Calcanhotto// Antônio Cícero

No dia em que fui mais feliz
Eu vi um avião
Se espelhar no seu olhar até sumir

De lá pra cá não sei
Caminho ao longo do canal
Faço longas cartas pra ninguém
E o inverno no Leblon é quase glacial

Há algo que jamais se esclareceu
Onde foi exatamente que larguei
Naquele dia mesmo
O leão que sempre cavalguei

Lá mesmo esqueci que o destino
Sempre me quis só
no deserto sem saudade, sem remorso só
Sem amarras, barco embriagado ao mar

Não sei o que em mim
Só quer me lembrar
Que um dia o céu
reuniu-se à terra um instante por nós dois
pouco antes do ocidente se assombrar.

No dia em que fui mais feliz
Eu vi um avião
Se espelhar no seu olhar até sumir

De lá pra cá não sei
Caminho ao longo do canal
Faço longas cartas pra ninguém
E o inverno no Leblon é quase glacial

Há algo que jamais se esclareceu
Onde foi exatamente que larguei
Naquele dia mesmo
O leão que sempre cavalguei

Lá mesmo esqueci que o destino
Sempre me quis só
no deserto sem saudade, sem remorso só
Sem amarras, barco embriagado ao mar

Não sei o que em mim
Só quer me lembrar
Que um dia o céu
reuniu-se à terra um instante por nós dois
pouco antes do ocidente se assombrar.

Não sei o que em mim
Só quer me lembrar
Que um dia o céu
reuniu-se à terra um instante por nós dois
pouco antes do ocidente se assombrar.

Não sei o que em mim
Só quer me lembrar
Que um dia o céu
reuniu-se à terra um instante por nós dois
pouco antes do ocidente se assombrar.

No dia em que fui mais feliz...



Digam a verdade: deixei o domungo de vocês melhor, não foi? Mas ainda não acabou não...chegou a hora do...



Agora chegou a vez do TopTulho Musical contemporâneo, sua parada de MPB predileta da internet!

Vocês viram que, na edição passada, fiz um esforço hercúleo para não falar mal de Anitta (que, aliás, continua na primeira posição). Pois é, até o fechamento do post da semana passada, ela ainda não tinha se auto-intitulado como a "Cura Gay" em público. Achei isso o cúmulo da arrogância, ignorância e do close errado (aliás, ela é mestra nisso), portanto, perdoem-me os fãs, mas VTNC, Anitta!

Nessa edição, temos a esplendorosa estreia de Elza Soares, pintando pela primeira vez aqui no TopTulho, com a música "A Mulher Do Fim Do Mundo", cujo clipe foi anunciado para ser lançado depois do carnaval. Vida longa Pra Elza que, ao contrário de Anitta, é sim uma artista que realmente importa!

E a gente destaca a suave Céu, que manteve-se na nona posição com a música "A Nave Vai", faixa de seu disco "Tropix", lançado ano passado. A gente vê primeiro como ficou a parada dessa semana, e depois, curtimos o som da gata!

TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO # 114 - 26/02/2017

1) ANITTA & MALUMA - Sim Ou Não (=) (4 Semanas)   
2) ANA VILELA - Trem Bala (=) (8 Semanas)  
3) SIMONE SABACK & CÁSSIA ELLER - Mãos Atadas (=) (9 Semanas)  
4) MOSKA - Impaciente Demais (+4) (7 Semanas) 
5) CLARICE FALCÃO - Eu Escolhi Você (-1) (8 Semanas)  
6) MAHMUNDI - Meu Amor (-1) (8 Semanas)    
7) SILVA - Ainda Lembro (-1) (8 Semanas)  
8) ZECA PAGODINHO - Toda Hora (+3) (5 Semanas) 
9) CÉU - A Nave Vai (=) (8 Semanas) 
10) LUCIANA MELLO - Joia Rara (+2) (7 Semanas)  
11) ANAVITÓRIA & TIAGO IORC - Trevo (+2) (3 Semanas)
12) CIDADE NEGRA - Batendo Na Sua Porta (+3) (5 Semanas)
13) LEO FRESSATO & A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE - Oração (DeepLick Remix) (-6)(5 Semanas) 
14) PITTY - Dê Um Rolê (-4) (10 Semanas)     
15) FREJAT - Vambora (+1) (4 Semanas) 
16) DIOGO NOGUEIRA - Pé Na Areia (+1) (3 Semanas)
17) MART'NÁLIA - Eu Te Quero Agora (+1) (3 Semanas)
18) LINIKER E OS CARAMELOWS - Zero (-4) (12 Semanas)  
19) TOM ZÉ - Homologô (A Marcha Dos Blocos) (+1) (2 Semanas)
20) ELZA SOARES - A Mulher Do Fim Do Mundo (ESTREIA)

Sai:

CASSIANO ANDRADE - Deveria Ser (9 Semanas. Maior posição: 06) 



A NAVE VAI
Céu
Composição: Jorge Du Peixe

Mesmo não dizendo nem pra onde nem por quê
A nave vai levantar voo
Mesmo sabendo que o mundo anda sem você
A nave vai levantar voo

Mesmo não dizendo nem pra onde nem por quê
A nave vai levantar voo
Mesmo sabendo que o mundo anda sem você
A nave vai levantar voo

O vento leva pra onde não dá pra ver quem foi
De manhã sou um
de noite já fui dois
seremos quem somos
Ou serei quem sois
Ah, vou eu de novo

Mesmo não dizendo nem pra onde nem por quê
A nave vai levantar voo
Mesmo sabendo que o mundo anda sem você
A nave vai levantar voo

O vento leva pra onde não dá pra ver quem foi
De manhã sou um
de noite já fui dois
seremos quem somos
Ou serei quem sois
Ah, vou eu de novo

Vento levai
Ventura vem
Essa peleja vem da dor
Ando com o temporal
E acredito no vento
Que sopra a alma inteira
Chegou pra onde vou

O vento leva pra onde não dá pra ver quem foi
De manhã sou um
de noite já fui dois
seremos quem somos
Ou serei quem sois
Ah, vou eu de novo

Mesmo não dizendo nem pra onde nem por quê
a nave já levantou voo
mesmo sabendo que o mundo anda sem você
a nave já levantou voo

a nave já levantou voo
a nave já levantou voo


TH - Até Março! ;)


domingo, 19 de fevereiro de 2017

TOPTULHO MUSICAL # 113!



TopTulho Musical - a parada da resistência - chegando no seu domingo, dia 19 de Fevereiro de 2017, em sua edição 113!

Essa semana fomos pegos por mais uma bomba: a Jovem Pan - rádio consagrada por músicas Pop e atuais, fez um anúncio tácito de que agora se rendeu ao Sertanejo em sua programação, e tá lá, "Loca" de Simone e Simaria como "melhor da semana'. A justificativa? A ausência de sucessos nacionais para jovens atualmente no mercado fonográfico. Menos de um mês depois do fechamento da Rádio MPB FM, temos aí mais uma prova do excesso de monocultura que se verifica atualmente na música brasileira. 

Mas, como escrevi no início da seção, essa aqui é a parada da resistência, e, enquanto tiver boa música brasileira sendo lançada, a gente faz questão de apresentar por aqui. No entanto, nós também já retrocedemos: na primeira edição desse ano, deixei claro que hits nacionais de Funk, por exemplo, também entrarão aqui. Ou seja, aqui é uma resistência já um pouco viciada. Se também vamos nos render ao sertanejo popular? Dificilmente acredito, mas ninguém sabe ao certo do futuro, não tem jeito...

Na parada de hoje, entrando no lugar que Lineker (que nos deixou com "Alguém Segure Esse Homem"), temos o genial Tom Zé, estreando com louvor com uma música crítica da atual situação política do país: "Homologô". Semanas atrás, ele lançou "Queremos Delações", também com intuito de fazer uma manifestação pública em relação à Lava Jato. Tom Zé é resistência pura, desde sempre, por isso que ele está aqui no TopTulho!

Já a primeira posição, não é resistência propriamente dita, mas é um hit inegável de Anitta que está no topo das paradas das principais rádios desde o ano passado. Desbancando Ana Vilela, Anitta alcança a liderança com "Sim Ou Não', parceria sua com Maluma! Antes de falar mais deles, vamos ver como ficou a seleção dessa semana!

TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO # 113! - 19/02/17

1) ANITTA & MALUMA - Sim Ou Não (+4) (3 Semanas)   
2) ANA VILELA - Trem Bala (-1) (7 Semanas)  
3) SIMONE SABACK & CÁSSIA ELLER - Mãos Atadas (=) (8 Semanas)  
4) CLARICE FALCÃO - Eu Escolhi Você (-2) (7 Semanas) 
5) MAHMUNDI - Meu Amor (+1) (7 Semanas)    
6) SILVA - Ainda Lembro (-2) (7 Semanas)  
7) LEO FRESSATO & A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE - Oração (DeepLick Remix) (+2) (5 Semanas) 
8) MOSKA - Impaciente Demais (=) (6 Semanas) 
9) CÉU - A Nave Vai (+2) (7 Semanas) 
10) PITTY - Dê Um Rolê (-3) (9 Semanas)    
11) ZECA PAGODINHO - Toda Hora (+1) (4 Semanas)
12) LUCIANA MELLO - Joia Rara (+1) (5 Semanas) 
13) ANAVITÓRIA & TIAGO IORC - Trevo (+3) (2 Semanas)
14) LINIKER E OS CARAMELOWS - Zero (-4) (11 Semanas)  
15) CIDADE NEGRA - Batendo Na Sua Porta (=) (4 Semanas)
16) FREJAT - Vambora (+1) (3 Semanas) 
17) DIOGO NOGUEIRA - Pé Na Areia (+3) (2 Semanas)
18) MART'NÁLIA - Eu Te Quero Agora (=) (2 Semanas)
19) CASSIANO ANDRADE - Deveria Ser (-5) (9 Semanas) 
20) TOM ZÉ - Homologô (A Marcha Dos Blocos) (ESTREIA)

Sai:

LINEKER - Alguém Segure Esse Homem (12 Semanas. Maior posição: 08) 

Muita gente sabe de minha má vontade com Anitta - e não é por conta de ser funkeira. É questão de identidade mesmo, mas dou o braço a torcer; a moça está mesmo estouradaça, mundialmente inclusive, e isso deve ser levado em conta sim. 

Abri as portas pra que a moça entrasse na parada, e, como não poderia deixar de ser, como está nas primeiras posições de vários charts nacionais, ela tinha que alcançar a liderança aqui no TopTulho também. A hot girl se juntou ao também hot boy colombiano Maluma (igualmente um sucesso mundial) e fizeram essa parceria que, para o bem ou para o mal, já entrou na história da música!

Vamos então com eles, líderes da nossa parada a partir dessa edição!


Anitta e Maluma: parceria de sucesso!


SIM OU NÃO
Anitta e Maluma


Aja!
Anitta
Maluma
Brasil
Colômbia

Se quiser jogar, vem
Mas tem que arriscar, vem
Vai ser sim ou não
Ou não, ou não, não, ou não

Y tu lo sabes
Que me gustas, dale
Mueve el cuerpo suave
Pa' mi, así yeah yeah

Bailame que quiero verte
Posa para mi bien sexy
No sé si volveré a verte
Pero voy a disfrutarte

Sólo tu, tu, tu me enloqueces
Y sólo tu, tu, tu mereces
Que te diga al oído, las cosas que me excitan
Lo que el niño necesita baby

Não encosta, não me beija
Só me olha, me deseja
Quero ver se você vai aguentar
A noite inteira sem poder me tocar

Eu rebolo, te enlouqueço
Bate palma, que eu mereço
Quero ver se você vai aguentar
A noite inteira sem poder me tocar

Tudo pode acontecer
Vai ter que pagar pra ver
Se vai rolar, se é pra valer, ou não
Pode ser só diversão
Mas a minha intenção
Não vou dizer, só vai saber

Se quiser jogar, vem
Mas tem que arriscar, vem
Vai ser sim ou não
Ou não, ou não, não, ou não

Si quieres jugar, ven
Que quiero tocarte
Y aquí mismo dártelo
No digas que no

Bailame que quiero verte
Posa para mi bien sexy
Então segura a pressão
Muita pressão
Minha intenção é sedução

Sólo tu, tu, tu me enloqueces
Y sólo tu, tu, tu mereces
Cê tá querendo, sim
Mas pode ser um não, não, não, não

Tudo pode acontecer
Vai ter que pagar pra ver
Se vai rolar, se é pra valer, ou não
Pode ser só diversão
Mas a minha intenção
Não vou dizer, só vai saber

Se quiser jogar, vem
Mas tem que arriscar, vem
Vai ser sim ou não
Ou não, ou não, não, ou não

Si quieres jugar ven
Que quiero tocarte
Y aquí mismo dártelo
No digas que no..


video


E agora, voltando ao POP MPB que é característico desse blogue como vocês sabem, vamos ficar com uma das melhores vozes que ouvi recentemente: a da cantora e compositora Marcela Vale, conhecida artisticamente como Mahmundi

Experiente e já tendo feito parte da banda "Velho Irlandês", e depois de lançar alguns EP'S entre os anos de 2012 e 2014, o disco de estreia da carreira solo da garota (que já foi, inclusive, comparada a Marina Lima e Rita Lee) só foi lançado ano passado!

Fiquemos agora com essa delícia de canção ("Meu Amor") , para limpar nossos ouvidos depois de Anitta (brincadeirinha...rs). 


Uma das melhores vozes que já ouvi!


MEU AMOR
Mahmundi

Meu amor por favor
A hora voa e a gente aqui a sorrir
Meu amor eu me vou
Eu preciso refazer o meu lar
Meu amor por favor
A certeza vai habitar e a cabeça agradecer
Pela noite com você
Mas meu amor por favor
A hora voa e a gente aqui
Nesse inverso dessa noite sem fim
É eterno, é eterno
 


TH - Até o carnaval!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

TOPTULHO MUSICAL # 112!



TopTulho Musical, chegando para você excepcionalmente nesta segunda feira, 13 de Fevereiro, por motivos de concurso público que fiz ontem. 

O mundo musical brasileiro decididamente não é mais o mesmo sem a Rádio MPB FM. Sim, ainda sinto-me enlutado, e aguardo com ansiedade que alguma mídia dê tratamento tão rico como a rádio dava à MPB!

Vamos à edição de hoje que garante três estreias de MPB (ainda remanescentes da finada rádio MPB FM): no lugar de Ana Carolina, AnaVitória e Arthur Aguiar, entram Diogo Nogueira, Mart'nália e a  linda parceria entre Tiago Iorc e as meninas do AnaVitória, "Trevo". E a gente tem um novo primeiro lugar: a partir dessa semana, a belíssima balada "Trem Bala" da Ana Vilela (que está estourada em todo país, com participações da moça em diversas mídias), comanda a seleção musical, tirando o clipe hot da Clarice Falcão ("Eu Escolhi Você") da liderança!

Sem delongas, vejamos como ficou a edição dessa semana:

TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO # 112 - 13/02/17

1) ANA VILELA - Trem Bala (+1) (6 Semanas)  
2) CLARICE FALCÃO - Eu Escolhi Você (-1) (6 Semanas) 
3) SIMONE SABACK & CÁSSIA ELLER - Mãos Atadas (+2) (7 Semanas)  
4) SILVA - Ainda Lembro (=) (6 Semanas)
5) ANITTA & MALUMA - Sim Ou Não (+5) (2 Semanas)  
6) MAHMUNDI - Meu Amor (+1) (6 Semanas)     
7) PITTY - Dê Um Rolê (-4) (8 Semanas)  
8) MOSKA - Impaciente Demais (=) (5 Semanas) 
9) LEO FRESSATO & A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE - Oração (DeepLick Remix) (=) (4 Semanas) 
10) LINIKER E OS CARAMELOWS - Zero (-4) (10 Semanas)  
11) CÉU - A Nave Vai (+1) (6 Semanas)   
12) ZECA PAGODINHO - Toda Hora (+2) (3 Semanas)
13) LUCIANA MELLO - Joia Rara (+2) (4 Semanas) 
14) CASSIANO ANDRADE - Deveria Ser (-3) (8 Semanas) 
15) CIDADE NEGRA - Batendo Na Sua Porta (+1) (3 Semanas)
16) ANAVITÓRIA & TIAGO IORC - Trevo (ESTREIA)
17) FREJAT - Vambora (+2) (2 Semanas) 
18) MART'NÁLIA - Eu Te Quero Agora (ESTREIA)
19) LINEKER - Alguém Segure Esse Homem (-6) (12 Semanas)
20) DIOGO NOGUEIRA - Pé Na Areia (ESTREIA)

Saem:

ARTHUR AGUIAR - A Flor (10 Semanas. Maior posição: 01) 
ANAVITÓRIA - Agora Eu Quero Ir (13 Semanas. Maior posição: 01) 
ANA CAROLINA - Se Manca (15 Semanas. Maior posição: 02) 

O cantor, compositor e multinstrumentista capixaba Lúcio Silva de Souza, ou apenas "Silva', como é conhecido no mundo artístico, tem uma carreira relativamente nova: 3 discos, alguns sucessos e muito prestígio!

Ano passado, em Novembro, o cantor lançou um disco de covers da igualmente prestigiada cantora e compositora Marisa Monte, que aprovou o projeto e, pode-se dizer, encontrou um parceiro à altura. Ainda Bem, originalmente um dueto entre MM e Ed Motta, está dentre as mais pedidas no mundo da MPB, principalmente aqui no TopTulho! Fiquem com essa versão bela AGORA!


 Silva em dois momentos: com MM e sozinho!

AINDA LEMBRO
Marisa Monte
Silva

Ainda lembro o que passou
Eu, você, em qualquer lugar
Dizendo
"Aonde você for eu vou"

E quando eu perguntei
Ouvi você dizer
Que eu era tudo
O que você sempre quis
Mesmo triste eu tava feliz
E acabei acreditando
Em ilusões

Eu nem pensava em ter
Que esquecer você
Agora vem você dizer:
"Amor, eu errei com você
E só assim pude entender
Que o grande mal que eu fiz
Foi a mim mesmo"

Vem você dizer
"Amor, eu não pude evitar"
E eu te dizendo
"Liga o som
E apaga a luz"

Ainda lembro o que passou
Eu, você, em qualquer lugar
Dizendo
"Aonde você for eu vou"

E quando eu perguntei
Ouvi você dizer
Que eu era tudo
O que você sempre quis
Mesmo triste eu tava feliz
E acabei acreditando
Em ilusões

Eu nem pensava em ter
Que esquecer você
Agora vem você dizer
"Amor, eu errei com você
E só assim pude entender
Que o grande mal que eu fiz
Foi a mim mesmo"

Vem você dizer:
"Amor, eu não pude evitar"
E eu te dizendo
"Liga o som
E apaga a luz"

Ainda lembro o que passou
Ainda lembro como era bom
Ainda lembro, inda lembro
Ainda lembro, inda lembro

Ainda lembro



E o segundo destaque dessa edição vai para a Ana Vilela. Como já falei, a Ana está super no auge, com "Trem Bala" em evidência em todo lugar que ainda toque boa música brasileira. Foi a última música que estava em primeiro lugar na Rádio MPB FM, na semana em que ela foi extinta!

"Trem Bala" já teve interpretes curiosos, como Gisele Bundchen e Luan Santana, e foi um dos vídeos mais compartilhados no fim do ano passado, como se fosse uma mensagem positivista de ano novo. Muito linda, por sinal. Ponto de Ana Carolina Vilela, essa paranaense de Londrina compositora da canção. Aliás, muito bom ver gente tão jovem com tanto talento e sensibilidade! A letra faz um bem à alma, e, merecidamente, está na primeira posição do TopTulho também!



Ana sozinha e com Luan Santana, um de seus 'intérpretes de luxo"

TREM BALA
Ana Vilela
Não é sobre ter
Todas as pessoas do mundo pra si
É sobre saber que em algum lugar
Alguém zela por ti
É sobre cantar e poder escutar
Mais do que a própria voz
É sobre dançar na chuva de vida
Que cai sobre nós

É saber se sentir infinito
Num universo tão vasto e bonito
É saber sonhar
E, então, fazer valer a pena cada verso
Daquele poema sobre acreditar

Não é sobre chegar no topo do mundo
E saber que venceu
É sobre escalar e sentir
Que o caminho te fortaleceu
É sobre ser abrigo
E também ter morada em outros corações
E assim ter amigos contigo
Em todas as situações

A gente não pode ter tudo
Qual seria a graça do mundo se fosse assim?
Por isso, eu prefiro sorrisos
E os presentes que a vida trouxe
Pra perto de mim

Não é sobre tudo que o seu dinheiro
É capaz de comprar
E sim sobre cada momento
Sorriso a se compartilhar
Também não é sobre correr
Contra o tempo pra ter sempre mais
Porque quando menos se espera
A vida já ficou pra trás

Segura teu filho no colo
Sorria e abraça Seus pais
Enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir

Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá
Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá

Segura teu filho no colo
Sorria e abraça teus pais
Enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir


TH - Semana linda procês!

domingo, 5 de fevereiro de 2017

TOPTULHO MUSICAL # 111!



O TopTulho dessa semana está de luto. Não me refiro à partida de Marisa Letícia (que sinto bastante), mas o que faz com que o blogue esteja nesse estado é mesmo o fim da Rádio MPB FM - uma das poucas resistências musicais brasileiras ao monopólio sertanejo-funk-popular que assola as demais rádios do país. 

Além de perder uma emissora que tanto fez em prol da nossa MPB, com programas históricos (aqui destaco o SEXO MPB, do grande Rodrigo Faour), o TopTulho perde sua maior fonte/base para constituição de sua parada. Não me envergonho de dizer que, basicamente, montava a parada de acordo com os pedidos da MPB FM - as primeiras posições eram similares, aqui e lá. Diante desse "baque", não sei como farei pra constituir os TopTulhos. Vou pesquisar novas fontes, ir atrás de novidades, averiguar como posicionarei as músicas, mas, desde já, adianto que não será tarefa fácil, se não for impossível, claro. Será que o TopTulho também está com os dias contados? Torçamos que não...

Para finalizar esse introito, desejo que todos os funcionários da MPB FM consigam emprego logo e fiquem bem!

Na edição de hoje temos a estreia de Frejat, e sua versão de "Vambora", de Adriana Calcanhotto. E também de Anitta com Maluma, com "Sim Ou Não", música que há muito tempo já está estourada nas rádios, mas só entrou aqui quando decidi "abrir" espaço pra esse tipo de música também. Com o término da MPB FM, será que essa prática vai ficar mais comum? Veremos...

Vejamos como ficou a edição 111 do TopTulho:

TOPTULHO MUSICAL - EDIÇÃO # 111 - 05/02/2017

1) CLARICE FALCÃO - Eu Escolhi Você (=) (5 Semanas) 
2) ANA VILELA - Trem Bala (+2) (5 Semanas) 
3) PITTY - Dê Um Rolê (=) (7 Semanas) 
4) SILVA - Ainda Lembro (+2) (5 Semanas)
5) SIMONE SABACK & CÁSSIA ELLER - Mãos Atadas (=) (6 Semanas) 
6) LINIKER E OS CARAMELOWS - Zero (-4) (9 Semanas)     
7) MAHMUNDI - Meu Amor (=) (5 Semanas) 
8) MOSKA - Impaciente Demais (+4) (4 Semanas) 
9) LEO FRESSATO & A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE - Oração (DeepLick Remix) (+6) (3 Semanas) 
10) ANITTA & MALUMA - Sim Ou Não (ESTREIA) 
11) CASSIANO ANDRADE - Deveria Ser (-1) (7 Semanas) 
12) CÉU - A Nave Vai (+1) (5 Semanas)  
13) LINEKER - Alguém Segure Esse Homem (-4) (11 Semanas)
14) ZECA PAGODINHO - Toda Hora (+5) (2 Semanas)
15) LUCIANA MELLO - Joia Rara (+1) (3 Semanas)
16) CIDADE NEGRA - Batendo Na Sua Porta (+1) (2 Semanas)
17) ARTHUR AGUIAR - A Flor (-6) (10 Semanas) 
18) ANAVITÓRIA - Agora Eu Quero Ir (-10) (13 Semanas)   
19) FREJAT - Vambora (ESTREIA)
20) ANA CAROLINA - Se Manca (-6) (15 Semanas)  

Saem:

TIÊ - Onde Está O Amor? (11 Semanas. Maior posição: 05) 
MARTINHO DA VILA - Amanhã É Sábado (6 Semanas. Maior posição: 13) 

Humorista, roteirista, atriz, cantora, inteligente e deliciosamente de esquerda. A pernambucana Clarice Falcão já tem chamado atenção pela aura "cult-debochada" que anda ostentando. Essa múltipla mulher vem se destacando já há algum tempo nas mais diversas áreas, para o nosso deleite. E, voltando aos adjetivos, esqueci do "LINDA". Não precisava, mas sim!

Na última semana de 2016 ela nos pegou com uma música fofa, mas que ganhou polêmica de arrepiar a xaranha da vizinha por causa de seu (explícito) videoclipe. Eu achei maravilhoso, mas foi vetado de passar na TV aberta e o Youtube também vetou, Quem de fora vê deve pensar que desfile de escola de samba mostrando nudez deve ser ilusão de ótica...

Já há 3 semanas em primeiro lugar, eu escolhi "Eu Escolhi Você", como primeiro destaque desse TopTulho! E veja, antes que deletem o clipe aqui do blogue! ;)




EU ESCOLHI VOCÊ
Marcos Bassini/João Eduardo Tatit
Clarice Falcão

Eu escolhi você porque
Não tá tão fácil assim de escolher
Tem muita gente ruim
E quando não é ruim, é porque não gosta de mim
Aí termina que no fim só tem você

Eu escolhi você porque
Não tinha tanta gente pra ser meu, vê só
Que sorte você deu
Dos males o menor
Porque você é o melhor
Ou melhor, o menos pior pra escolher

Na minha vida já existiram
Cinquenta opções de amor
Quarenta e nove desistiram
E você foi o que sobrou

Eu escolhi você
Com fé de não me arrepender de te escolher
Até um outro aparecer
Não fica triste não
Eu escolhi de coração
Também por falta de opção mas foi você

Na minha vida já existiram
Cinquenta opções de amor
Quarenta e nove desistiram
E você foi o que sobrou

Eu escolhi você porque
Não tá tão fácil assim de escolher
Tem muita gente ruim
E quando não é ruim é porque não gosta de mim
Aí termina que no fim só tem você!

video


Delícia de videoclipe, hein? ;) 

Como vocês sabem, demos um "pause" nos TopTulhos Do Passado, e, enquanto eles não voltam, sigamos com dois destaques musicais da parada contemporânea por edição. 

Agora a gente vai destacar a Pitty, que é quem canta o tema de abertura da atual novela das sete, "Rock Story". "Dê Um Rolê", clássico absoluto dos Novos Baianos. Em sua versão roqueira, Pitty dividiu opiniões: já ouvi muita gente reclamar de sua assinatura para a música...

Eu não desgostei nem gostei. Apenas OK! Mas ter Pitty por perto sempre será um privilégio! Aliás, que edição cheia de mulheres contemporâneas e poderosas, hein? Amei!




DÊ UM ROLÊ
Os Novos Baianos
Moraes Moreira/ Luiz Galvão
Pitty

Não se assuste pessoa
Se eu lhe disser que a vida é boa
Não se assuste pessoa
Se eu lhe disser que a vida é boa

Enquanto eles se batem, dê um rolê e você vai ouvir
Apenas quem já dizia
Eu não tenho nada
Antes de você ser eu sou
Eu sou, eu sou o amor da cabeça aos pés
Eu sou, eu sou, eu sou o amor da cabeça aos pés

E só tô beijando o rosto de quem dá valor
Pra quem vale mais o gosto do que cem mil réis
Eu sou, eu sou, eu sou o amor da cabeça aos pés
Eu sou, eu sou, eu sou o amor da cabeça aos pés



TH - Seja bem vindo, Fevereiro!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...